A Visão Espírita Sobre a Cremação do Corpo Físico


Todos os anos mais de 50 milhões de pessoas morrem em todo o mundo. As duas principais formas de ritos funerários adotados pela maioria são ou cremação ou enterro.

O que espiritismo fala sobre cremação? O espírito desencarnado sofre quando seu corpo é queimado? Veja o que o estudioso espírita André Marouço diz sobre este assunto.

O que a doutrina espírita diz sobre cremação?

Um conceito popular é que após a morte a alma vai para a luz ou tem seus entes queridos esperando do outro lado para recebê-los etc No entanto, para entender a verdadeira experiência de um corpo sutil que acaba de deixar o seu corpo grosso ( sthūladēha ) Após a morte.

As circunstâncias do corpo físico após a morte e por que a questão da cremação vs enterro aplica-se quando uma pessoa morre apenas o corpo grosseiro é derramado, mas o corpo sutil que consiste na mente, intelecto, ego que contém todos os desejos e impressões continua a existir. A mente, o intelecto e o ego sutil formam a personalidade da pessoa. Esses traços de personalidade permanecem inalterados e morrer fisicamente não muda a pessoa de forma alguma.

O conceito de apego para corpo grosso sobre a cremação:

Quando uma pessoa morre, ele não está familiarizado com todas as experiências da vida após a morte, como se pode entender a partir do artigo – A região da morte. Assim, ele se apega ao corpo que conhece e ao mundo de onde veio, ainda que esteja morto.

Isto é aumentado quando o corpo é mantido completamente intacto como acontece quando o corpo é embalsamado ou congelado para um funeral atrasado. O corpo sutil associa-se a seu corpo grosseiro e, assim, encontra-o muito mais difícil de se separar e prosseguir em sua jornada como se não pudesse deixar seu “lar” anterior – seu corpo grosseiro.

Vibrações

Vibrações ao redor do corpo morto que atraem frequências negativas:

No momento da morte, os gases excretórios são expulsos do corpo morto. Estes gases excretores são gases físicos regulares expelidos pelo corpo, tais como gases de putrefacção etc. Uma vez que são gases saindo de um corpo em decomposição, as suas frequências e vibrações são negativas na natureza e como resultado o componente tama aumenta no ambiente circundante imediato. Fantasmas (demônios, energias negativas , etc.) são atraídos por essas frequências negativas e entram no ambiente ao redor do corpo morto.

Espíritos

Fantasmas atacam o corpo morto, ganhando o controle sobre as cinco energias vitais e energias sub-vitais, que estão no processo de serem liberadas para o Universo a partir do corpo no momento da morte. Eles emitem energia negra na forma de fumaça sobre o corpo morto, engolfando-o e criando uma cobertura preta sobre ele.

Esta fumaça é invisível, mas pode ser percebida através do sexto sentido (ESP) . Devido aos ataques de fantasmas, há uma transmissão de frequências pretas no corpo morto e o cadáver é carregado com essas frequências pretas.

Depois que o fantasma ganha o controle do corpo grosseiro e de cinco energias vitais e energias sub-vitais, ele volta sua atenção para capturar o corpo sutil da pessoa morta.

Corpo Sutil

O corpo sutil de uma pessoa média é geralmente cheio de desejos mundanos e paira no plano da Terra. Ele tem uma ligação sutil com seu corpo bruto anterior, tanto na forma de apego a ele e também através da energia vital que é liberado do corpo morto para a atmosfera ao longo de um período de poucos dias.

Os fantasmas usam este link sutil para chegar ao corpo sutil. Ela começa a enredar o corpo sutil através da transmissão de enxurradas de energia negra em direção ao corpo sutil. Puxa assim o corpo subtil do antepassado falecido em seu campo de ataque.

Frequência

Em seguida, eles prendem o corpo sutil em uma teia de frequências pretas. Isso impede a livre circulação do corpo sutil e, assim, cria obstáculos em sua jornada futura no além. Depois de algum tempo, muitos fantasmas juntam-se ao ataque ao corpo sutil, criando novas espirais de frequências pretas e levando-as sob seu controle completo. Desta forma, os fantasmas ganham sistematicamente controle sobre o corpo morto e o corpo sutil do antepassado que partiu.

Do ponto de vista espiritual, o objetivo principal de um rito funerário deve ser o seguinte:

1 – Minimizar o ataque de fantasmas 

2 – Ajude o corpo sutil a se livrar de seu vínculo com o corpo grosseiro a dar impulso e proteção ao corpo sutil em sua jornada adiante na vida após a morte.

As informações dadas abaixo, juntamente com os desenhos baseados em conhecimento sutil foram fornecidos pela Sra. Anjali Gadgil, um buscador em SSRF com um sexto sentido altamente avançado. As informações e os desenhos baseados no conhecimento sutil foram obtidos a partir da Mente Universal e Intelecto e mostram a seqüência exata deeventos sutis quando uma pessoa é enterrada vs cremado. Também foram recebidas informações sobre a tradição da Torre do Silêncio.

Cremação de um corpo vs sepultamento

A cremação é a prática de se desfazer de um cadáver queimando.

No início, é importante notar que a cremação precisa ser feito o mais cedo e de preferência antes do pôr do sol. Se a pessoa morreu à noite, então pode-se esperar até a manhã para conduzir a cremação. Ao acelerar o processo fúnebre em si, minimizar o impacto sobre o corpo morto por fantasmas (demônios, diabos, energias negativas, etc).

A seguir está a sequência de eventos que foram observados:

Durante a cremação (com o efeito do Princípio do Fogo Absoluto ( Tējtattva ) juntamente com a recitação de mantras específicos , as cinco energias vitais , energias sub-vitais e gases excretórios no cadáver são expelidos e desintegrados na atmosfera.

À medida

que o corpo está queimando, uma bainha protetora sutil se forma ao redor do corpo devido ao Princípio do Fogo Absoluto e mantras , protegendo-o contra qualquer ataque de fantasmas.

Devido à completa desintegração das cinco energias vitais e das energias sub-vitais, qualquer ligação sutil que o corpo sutil teve com o corpo está quebrada.

O Princípio do Fogo

Absoluto e os mantras também limpam o corpo sutil de qualquer frequência de Raja-Tama e fornecem uma bainha protetora em torno dele.

Como resultado , o corpo sutil agora limpo de frequências Raja-Tama torna-se mais leve e mais sāttvik . Isso contribui para o impulso em sua viagem para fora do plano da Terra.

Se um corpo está incompletamente queimado, ele ainda enfrenta o risco de ataque por māntriks .

Enterro vs Cremação

Fabricantes de caixão (caixão) geralmente fabricam caixões com soldas sem costura e juntas de borracha. Estes caixões são conhecidos como caixões selados. Os caixões são feitos de tal maneira para manter fora a água, solo e ar. No entanto, eles também conseguem apanhar todos os gases excretórios no caixão.

A pressão sutil no caixão sobe como as frequências angustiantes que emanam do corpo se materializam dentro do caixão e são transformadas em uma bainha preta ao redor do corpo. Este processo de materialização gera frequências angustiantes, friccionais e quentes. Essas frequências geram um som sutil e angustiante que atrai fantasmas (demônios, diabos, energias negativas , etc.).

Os fantasmas entram no caixão e ganham o controle sobre as cinco energias vitais , energias sub-vitais e começam o carregamento do cadáver com uma cobertura de energia negra. Como o corpo é enterrado junto ao solo, ele atrai frequências angustiantes da região do Inferno ( Pātal ) que formam uma cúpula de acordes de frequência preta sobre o cadáver.

Os espíritos

Usam o controle que têm sobre o corpo grosseiro, cinco energias vitais e energias sub-vitais para ganhar acesso ao corpo sutil. Ao longo do tempo, com a inundação de energia negra por fantasmas, o peso do corpo sutil também aumenta. O corpo sutil é puxado para o caixão e fica preso nele e cai presa aos ataques de fantasmas.

Como os corpos sutis dos enterrados estão presos na região da Terra, sua probabilidade de se tornar fantasmas é mais do que naqueles onde o corpo é cremado. Mesmo que a pessoa tenha conduzido uma vida relativamente boa quando viva, apenas pelo próprio ato de sepultamento, sua probabilidade de se tornar um fantasma muito contra a sua própria vontade aumenta múltiplo. Sob a influência de outros fantasmas, ele é forçado a cometer atos em que seus deméritos subirem relegando-o ainda mais para as regiões inferiores do Universo.

A comunidade Parsee (Zoroastrians)

dispõe de seus mortos colocando os corpos em um lugar conhecido como a Torre do Silêncio. A torre está aberta para o céu, pois não tem telhado. O cadáver é submetido aos raios do sol para decompor e abutres para comê-lo.

Como o corpo sutil ainda está ligado ao seu corpo grosso no momento da morte, sofre agonia quando o corpo é rasgado por abutres e é decomposto.

Para um corpo não ser usado como um veículo para atacar o corpo sutil, ele precisa ser destruído completamente e assim que possível. O fogo é o único elemento que pode fazer isso imediatamente. As cinco energias vitais e energias sub-vitais geralmente levam alguns dias para finalmente deixar o corpo completamente. Durante este período, eles podem ser usados ​​por fantasmas como um meio de chegar ao corpo sutil do antepassado que partiu. Os raios do sol simplesmente não têm a capacidade de destruir o corpo e nem os abutres em questão de dias.

No entanto, algo muito mais prejudicial acontece em um nível espiritual. Neste método como os abutres atacam o cadáver, muitos sutis-feiticeiros e fantasmas são atraídos para o cheiro do sangue, ossos e carne do cadáver. Eles usam o sangue e os ossos para fazer rituais negativos para ganhar controle sobre o corpo sutil. Ao dar o cadáver aos abutres todo o corpo entra no controle completo dos fantasmas e sortilégios sutis em um tempo muito curto. Eles são mais propensos a tornar-se escravos desses sutis feiticeiros e sofrer imensamente na vida após a morte. Desta forma, esses corpos sutis também não atingem o ímpeto e facilmente entram no controle de fantasmas e, portanto, para a região do Inferno. Além disso, muitos fantasmas satisfazem seus desejos e fome de carne comendo o sangue e a carne humanos através do meio dos abutres.

Os magos sutis materializam

o sutil cheiro angustiante emitido através do sangue e da carne e com a ajuda da recitação de mantras negativos dão forma sutil a esse corpo sutil novamente . Em seguida, eles dão-lhe um genie como forma e torná-lo executar muitos atos negativos e, assim, problemas outros severamente.

Uma análise sutil de ser consumido por abutres mostra que ele não cumpre nenhum dos critérios para a eficácia de um rito funerário e é mais prejudicial do que o enterro.

A perspectiva ambiental da cremação vs sepultamento

Em face disto, o rito funerário de enterrar uma pessoa em um sudário ou deixar que os corpos sejam comidos pelos abutres pode parecer mais ecológico do que o enterro em um caixão ou crematório ou pira funerária. No entanto, na escolha da maneira que queremos que nossos ritos funerários feitos não podem ser olhados puramente do ponto de vista ambiental.

Há outras considerações espirituais, como o ataque de fantasmas. Ao excluir o reino espiritual em nossa tomada de decisão sobre o rito funerário a escolher e mantendo o corpo intacto aumenta drasticamente as chances de nossa partida para ser atacado por fantasmas.

7. Em resumo

Fora de todos os tipos de ritos funerários para deixar ir de um corpo, cometê-lo para a cremação é o mais benéfico.

Pessoas que viveram vidas relativamente boas, pelo próprio ato de enterrar aumentam seu risco de se tornarem fantasmas na vida após a morte. Às vezes, estamos ligados à forma de rito funerário que nossa cultura está acostumada.

No entanto, as repercussões espirituais do enterro vs cremação precisa ser ponderada contra o apego psicológico para um certo rito funerário.

Para ver mais de nossas postagens, Clique Aqui. Você também pode se cadastrar em nossa newsletter ou nosso RSS Feeds.



GRUPO ESPÍRITA WHATSAPP OUÇA NOSSO PODCAST
GRUPO ESPÍRITA TELEGRAM APOIE NOSSO PROJETO


7 Tipos De Obsessores Espirituais


1 – Obsessor Caseiro
É uma alma desencarnada que em vida tinha muito apego a um certo lugar e escolheu continuar vagando por lá. Na maioria das vezes, é um espirito solitário, que continua perdido e por isso continua morando no mesmo local. Como qualquer obsessor, é um ser desequilibrado e desajustado, porém normalmente não tem más intenções.

Comportamento: Raramente tenta fazer mal as pessoas, mas muitas vezes tem a intenção de expulsá-las, pois acha que é o único com direito de morar no local.

2 – Obsessor por Atração
Este espírito normalmente é atraído por afinidade, quando encontra alguém com o mesmo perfil psicológico ou com afinidade as mesmas energias negativas como:
– Raiva, mau-humor, agressividade, vícios, ciúmes, inveja, depressão, ódio e ganância.

Ele também não é mal intencionado, apenas deseja se alimentar dessas energias que ao seu ver são prazerosas.

Comportamento: Este espírito tem como objetivo se alimentar ao máximo das energias que ele gosta. Normalmente não quer causar nenhum mal a seu obsediado. Pelo contrário, muitas vezes ele acaba o protegendo pois é sua fonte de prazeres.

3 – Obsessor por Amor
Este é um espírito que desencarnou e escolheu permanecer 24 horas por dia, ao lado de um alguém que ele amava desesperadamente. Normalmente é um recém-desencarnado, ex-marido, ex-amante ou um familiar muito próximo. Além disso ele normalmente não tem consciência de sua morte.

Na maioria das vezes ele está indignado, revoltado ou inconformado, principalmente por não ter mais a convivência com aquela pessoa.

Comportamento: Este obsessor não tem a mínima intenção de fazer mal a pessoa. No entanto as suas potentes energias negativas, acabam fazendo muito mal a quem ele ama.

4 – Obsessor Escravo
Infelizmente é comum um espírito ficar traumatizado e confuso com sua “morte”, e continua a vagar, como se fosse um zumbi. Por mais triste que seja existem pessoas encarnadas que sabem como aprisionar e fazer espíritos seus escravos.

Por medo de sofrerem, obedecem as ordens de seus chefes encarnados. Seja para fazer o bem, ou o mal…

Comportamento: São espíritos que não tem um padrão de comportamento, pois as ordens de quem os comanda podem ser extremamente variadas. Infelizmente é difícil este tipo de espírito se libertar por si só e por isso acaba precisando de ajuda do mundo espiritual.

5 – Obsessor Autônomo
Alguns espíritos que eram muito apegados aos prazeres materiais quando encarnados, continuam vivendo no mundo físico mesmo depois de sua morte. Eles vivem em bordéis, bares, pontos de uso drogas ou qualquer outro local no qual conseguem se alimentar dessas energias.

Muitas vezes, por vontade própria fazem favores para pessoas encarnadas em troca dessas energias.

Comportamento: Estes espíritos não tem a intenção de praticar o mal. Porém por se tornarem escravos de seus desejos, acabam fazendo qualquer coisa para conseguirem satisfação.

6 – Obsessor Enviado
Esses espíritos acreditam fielmente que tem a missão de combater o bem e todos os encarnados que praticam atitudes positivas. Normalmente são espertos, sutis, inteligentes e em alguns casos são até refinados espiritualmente.

Alguns deles possuem conhecimentos e habilidades que às vezes são até superiores do que as de suas vitimas encarnadas.

Comportamento: Seus objetivos são destruir os frutos do bem, e assim implantar os seus conceitos deturpados e negativos. Eles sempre atuam em suas fraquezas individuais, estimulando intrigas, fofocas, ciúmes e brigas.

7 – Obsessor Vingativo
Este é um caso mais raro de obsessão, porém é um dos piores. Pois os motivos desse obsessor estão firmemente enraizados no passado. Normalmente nossa memória é limitada ao que está registrado ao nosso cérebro físico, ou seja, não lembramos dos acontecimentos antes de reencarnarmos.

Já este obsessor, tem essas dolorosas lembranças como se tivessem acabado de acontecer. Ele ainda sente na própria pele aquelas dores profundas.

Comportamento: Ele se lembra perfeitamente de tudo que sofreu nas mãos de seu obsediado.

Por ter essas memórias negativas, é movido por muito ódio e está disposto a seguir seu obsediado do berço ao túmulo para conseguir se vingar.

Para ver mais de nossas postagens, Clique Aqui. Você também pode se cadastrar em nossa newsletter ou nosso RSS Feeds.


GRUPO ESPÍRITA WHATSAPP OUÇA NOSSO PODCAST
GRUPO ESPÍRITA TELEGRAM APOIE NOSSO PROJETO


Quer receber uma carta psicografada de parente ou amigo? Saiba como funciona


Carta Psicografada

Antes de você ver como receber algumas carta psicografada da pessoa querida, precisa entender o ensinamento das mensagens de Chico Xavier.

Carta Psicografada

Constantemente ele dizia, “O telefone toca de lá para cá”, ou seja, esses são os espíritos que entram em contato com os médiuns e não o contrário.

Carta Psicografada, como saber a partir do momento que é a hora de receber?

Bom, muitos querem saber qual é a hora certa para receber algumas carta psicografada de Um bom espírito. Então aqui encontram-se algumas dicas Dessa forma te ajudar.

Período Desencarnado

– Ao passar para o outro lado o espírito pode encaminhar algum período para se adaptar a nova realidade, e por Tudo isso pode levar algum tempo para que ele possa entrar em contato.

Permissão superior – Pode acontecer sobre o espírito em questão não tenha recebido a permissão superior afim entrar em contato, e isso pode ocorrer por diversos motivos que não compreendemos.

Preparo emocional

– Antes de receber algumas carta psicografada da pessoa querida é preciso onde você esteja preparado emocionalmente Dessa forma Tudo isso pois ali será um momento único e a falta de moderação emocional pode atrapalhar sua experiência.

Então, como podemos ver, não depende unicamente de você achar um médium e pedir uma carta psicografada, Tudo isso depende de diversos fatores que muitas vezes estão fora do nosso controle, entretanto você verá como proceder Dessa forma ter uma grande possibilidade de receber uma mensagem de quem tanto espera.

Como saber a partir do momento que alguém quer me enviar uma carta psicografada?

Não é capaz saber ao certo se alguém quer te enviar algumas mensagem ou não, entretanto já aconteceu diversos em ocasiões de de centros espíritas receberem cartas de espíritos com endereço e telefone.

Sim, Tudo isso pode acontecer. Certamente as pessoas que vão a sessões mediúnicas encontram-se sinalizando aos espíritos aonde tem um meio de comunicação.

Já aconteceu de espíritos deixarem mensagens Dessa forma pessoas que estavam presentes nas sessões e que nem esperavam por isso.

Como receber algumas carta psicografada

A primeira coisa a a partir do momento em que fazer é procurar um centro espírita Kardecista confiável que realize esse tipo de pratica de exercícios físicos não são todos que trabalham com carta psicografada.

Depois de achar o local fica mais fácil, os procedimentos que os centros espíritas utilizam são bem simples.

Procedimentos para receber carta psicografada

Alguns centros espíritas têm alguns requisitos Dessa forma que você possa participar da sessão, isso pode variar de ambiente para local. Mas são coisas muito simples.

Inscrição no centro espírita de sua credibilidade

Bom, agora que você já achou o centro espírita, é só fazer a inscrição do seu pedido, e é momentos, muito simples.

A inscrição consiste tão somente em dar o nome do desencarnado, a data na qual ele desencarnou e eventualmente o nome da pessoa que pede a mensagem (postulante).

Tudo isso porque se “vier” alguma mensagem o dirigente da sessão mediúnica saiba a quem entregar.

Sessões Mediúnicas

A pessoa pode se inscrever aproximadamente 10 minutos antes de se iniciar a palestra espírita que dura cerca de 30 minutos, portanto após a palestra tem-se um “recreio” por volta de 15 minutos e depois se dá o principio da sessão mediúnica, onde também exatamente nesse momento no qual o médium recebe as mensagens dos desencarnados – a famosa carta psicografada.

Apesar de momentos, isso, pode ocorrer de vir uma mensagem pedida por um postulante e pode ocorrer também de não vir, geralmente por dois motivos citados a baixo.

O espírito pode não estar em condições de transmiti-la, ao desencarnar ele pode encaminhar algum período para se reestruturar no mundo espiritual e Tudo isso pode levar um tempo.

A espiritualidade superior pode não conceder permissão ao espírito Dessa forma dar uma mensagem por algum motivo sobre só é conhecido no mundo espiritual, dessa forma, se você deseja receber algumas mensagem dessa pessoa que sempre lhe aparece em sonhos, procure ir num Centro Espírita kardecista conceituado e lá se informe se recebem mensagens psicografadas e em que dia se realiza as sessões mediúnicas de psicografia.

Não importa sua classe social sua carta psicografada vai chegar do mesmo jeito estes espíritos e os médiuns não encontram-se nem aí Dessa forma a sua classe social, sua cor e de onde vem.

Tanto onde também que no caso citado pelo Eurípedes, algumas família muito bem financeiramente iria participar de uma sessão mediúnica, afim de receber a carta psicografada, entretanto quem acabou recebendo foi o motorista que estava dentro do carro do lado de fora centro.

Então não importa a partir do momento em que você é rico ou pobre os espíritos pode entrar em contato e mandar uma mensagem para você.

Tais foram algumas dicas afim conseguir uma mensagem psicografada, devemos levar em consideração que cada centro tem suas particularidades, entretanto existem algumas coisas que não podem ser alteradas.

As mensagens psicografadas

Esses estão usadas por espíritos para se comunicar com o mundo material, e isso pode ocorrer para diversas finalidades.

Mediunidade e a Mensagem Espírita

A mensagem espírita é recebida por um bom exemplo médium que recebe a mensagem de um espírito, transmitidas através da troca de energias.

Muitos se enganam pensando que o médium incorpora para receber a mensagem espírita, porém, isso não é verdade.

A mensagem é transmitida pela troca de energias, por isso, é preciso que o médium desenvolva a sua mediunidade para que possa transportar a mensagem com exatidão.

As mensagens de Chico Xavier é um exemplo de grande evolução mediúnica, pois ele conseguiu transportar cartas psicografadas com exatidão para cada pessoa, o que deixou muitos surpreendidos com tamanho desenvolvimento da mediunidade.

Mediunidade ocorrência de mensagem espírita

A carta psicografada não é a única forma de entrar em contato com o mundo espiritual. Já tem casos de pessoas com um grau de mediunidade tão elevada que conseguiram Conservar uma interação totalmente direta com os espíritos.

Com certeza a psicografia é muito conhecida no Brasil e encontra-se conquistando os corações de milhões de adeptos ao espiritismo, isso porque sua exatidão é enorme.

Para ver mais de nossas postagens, Clique Aqui. Você também pode se cadastrar em nossa newsletter ou nosso RSS Feeds.


GRUPO ESPÍRITA WHATSAPP OUÇA NOSSO PODCAST
GRUPO ESPÍRITA TELEGRAM APOIE NOSSO PROJETO


Biografias de Ícones do Espiritismo

Biografias de Ícones do Espiritismo

Para ver mais de nossas postagens, Clique Aqui. Você também pode se cadastrar em nossa newsletter ou nosso RSS Feeds.

GRUPO ESPÍRITA WHATSAPP
OUÇA NOSSO PODCAST

GRUPO ESPÍRITA TELEGRAM
APOIE NOSSO PROJETO

A História de Colton Burpo – Menino que foi ao Céu e Voltou!

A história do menino americano Colton Burpo que disse ter estado no céu quando ficou em coma depois de uma operação de apendicite virou livro e motivo de polêmica nos programas de TV.

Colton Burpo

Colton Burpo

Colton está hoje com 11 anos, mas foi aos 4 que ele passou por essa experiência. Os pais dele contam que suas lembranças vieram aos poucos e, entre elas, Colton citou o encontro que teve com o bisavô por parte de pai que ele nunca conhecera. Descreveu-o como um ser iluminado, de cabelos encaracolados e asas enormes. Disse que ele perguntou por seu pai e contou várias histórias de família.

Outro detalhe considerado impressionante foi quando Colton narrou o momento em que uma menina aproximou-se dele dizendo-se sua irmã. Ela confidenciou ao menino que não chegara a nascer e não tivera um nome na terra, mas que estava muito feliz em conhecê-lo pessoalmente já que o via apenas à distância.

Quando Colton contou essa passagem aos pais, os dois se emocionaram e chegaram a chorar. A mãe do garoto havia realmente perdido um bebê de forma natural, sem nem mesmo saber o sexo, e combinou com o marido nunca revelar isso a ninguém pois a perda havia doído muito. Portanto, Colton não sabia do ocorrido pois nem era nascido.

É aí que o mistério começa a aumentar.

Depois desses dois momentos, que chegaram a abalar as concepções religiosas da família, Colton contou outros detalhes intrigantes sobre a viagem que ele descreve como uma ida ao paraíso. Disse que naquele lugar, onde tudo é mais brilhante e colorido, as pessoas vestem-se com roupas luminosas e vaporosas, não usam óculos e parecem sempre jovens, felizes e sorridentes.

Numa outra lembrança, Colton disse que esteve sentado no colo de Jesus, e este lhe dissera que ele teria a missão de levar uma mensagem de esperança ao mundo. Ao mesmo tempo Colton revelou que ao lado de Jesus estava também João Batista, que sorriu para ele e o abençoou.

Além de todas essas revelações outras não menos desconcertantes estão no livro de Colton, “Heaven is for real” (O céu é real, em tradução livre) , que já virou best-seller desde novembro de 2010 quando foi lançado. Já vendeu quase dois milhões de cópias nos Estados Unidos e já há pedidos para ser traduzido em outros idiomas.

Ao divulgar suas lembranças aos pais, Colton não sabia o quanto estaria deixando-os intrigados, assim como a todas as pessoas que tomaram conhecimento do caso. A midia logo de interessou e Colton foi alvo de reportagens em sites, jornais, revistas e na TV. Ao ser entrevistado no programa Today, da rede NBC, ele deixou os apresentadores boquiabertos com sua naturalidade ao contar detalhes de sua “viagem”.

Os jornalistas começaram a entrevista entre curiosos e incrédulos, e acabaram completamente emocionados e convencidos de que Colton estava realmente falando a verdade. Comentaram que o menino já fora ouvido por especialistas, psicólogos e médicos em geral para uma investigação mais detalhada do assunto. A conclusão foi surpreendente. Nenhum desses profissionais soube dar uma explicação científica sobre o que ocorrera com o menino.

Para deixar as pessoas ainda mais confusas, Colton contou com firmeza que viu, do alto do quarto onde estava sendo operado, os médicos correndo de um lado para o outro para tentar salvá-lo. Dali ele conseguiu ver também o pai falando ao telefone celular no corredor do hospital, preocupado e nervoso e a mãe chorando e rezando na capela. Segundo os pais de Colton, ele não poderia saber de tudo isso ao mesmo tempo, pois ninguém os viu nessa situação naquele momento de desespero quando Colton entrara em coma.

Bem, a história e a polêmica estão lançadas. Nessa viagem ao céu o menino Colton, um pré-adolescente normal, que faz tudo o que um menino da sua idade faz regularmente, disse que trouxe na bagagem uma mensagem de Deus, principalmente àqueles que perderam seus entes queridos. Colton afirma sem pestanejar que “ O céu existe e nele as pessoas podem se reencontrar com quem se foi”.

E como seria bom a gente acreditar piamente nisso, não é mesmo?

Heaven is for real” fez-me lembrar da história comovente do guitarrista inglês Eric Clapton que em 1991 perdeu tragicamente o filhinho de quatro anos, que caiu de seu apartamento num andar altíssimo de um prédio em Manhattan, NY. Clapton em seu desespero de pai compôs em memória do filho a música “Tears in Heaven”, onde diz que espera vê-lo algum dia no paraíso. Agora, quem sabe, depois das revelações de Colton não reacenda em Clapton a esperança de reencontrar o filho? Tomara…

Para ver mais de nossas postagens, Clique Aqui. Você também pode se cadastrar em nossa newsletter ou nosso RSS Feeds.

GRUPO ESPÍRITA WHATSAPP
OUÇA NOSSO PODCAST

GRUPO ESPÍRITA TELEGRAM
APOIE NOSSO PROJETO

As 7 Leis Espirituais para o Sucesso

As 7 Leis Espirituais para o Sucesso

1 – APLICAÇÃO DA LEI DE POTENCIALIDADE PURA

1 – Entrar em contato com o campo de potencialidade pura, reservando um momento do dia para ficar em silencio, para apenas ser. Ficar sozinho em meditação silenciosa elo menos duas vezes ao dia por, aproximadamente, 30 minutos de manhã e 30 à noite.

2 – Reservar um periodo do dia para comungar com a natureza e observar em silencio a inteligencia que ha em todas as coisas vivas. Ficar em silencio e assistir ao por do sol, ouvir o ruido do oceano ou de um rio, ou simplesmente sentir o perfume de uma flor. No êxtase do silencio, e em comunhão com a natureza, desfrutar a pulsação vital das eras, o campo da potencialidade pura e da criatividade ilimitada.

3 – Praticar o não julgamento. Começar o dia dizendo: “hoje, não julgarei nada que aconteça” e durante todo o dia lembrar de não fazer julgamento.

2 – APLICAÇÃO DA LEI DE DOAÇÃO

1 – Dar um presente em todo lugar que for, a todos que encontrar. Esse presente poderá ser um cumprimento, uma flor, uma oração. Oferecer, diariamente, alguma coisa a todas as pessoas com as quais entrar em contato. Estará, assim, desencadeando o processo da circulação de energia, de alegria, de riquezas, de abundancia, na sua vida e na de outras pessoas.

2 – Receber agradecido, diariamente, todas as dádivas que a vida oferece: a luz do sol, o canto dos passaros, as flores, a neve do inverno. E estar aberto para receber dos outros, seja um presente material, seja dinheiro, seja um cumprimento, seja uma oração.

3 – Assumir o compromisso de manter a riqueza circulando em sua vida, dando e recebendo os mais preciosos presentes: carinho, afeição, apreço, amor. Desejar, em silencio, felicidade e muita alegria toda vez que encontrar alguem.

3 – APLICAÇÃO DA LEI DO CARMA OU DE CAUSA E EFEITO

Você pode colocar a lei do carma ou de causa e efeito em ação assumindo o compromisso de dar os seguintes passos:

1 – Observar as escolhas que vai fazer hoje a todo momento. E na observação dessas escolhas, traze-las para a percepção consciente. Ter bem claro que a melhor maneira de se preparar para todos os momentos do futuro é estar plenamente consciente do presente.

2 – Toda vez que for fazer uma escolha, pergunte “quais serão as consequencias desta escolha?” ; “esta escolha trará satisfação e felicidade a mim e aos outros que serão afetados por ela?”

3 – Pedir, então, orientação ao coração e seguir a mensagem enviada por ele de conforto ou desconforto. Se a escolha for de conforto, entregar-se totalmente a ela. Se a escolha for de desconforto, parar para ver as consequencias daquele ato com sua visão interior.Essa orientação permitirá fazer escolhas corretas espontaneas tanto para voce quanto para os que o circundam.

4 – APLICAÇÃO DA LEI DO MINIMO ESFORÇO

Você pode colocar a lei do mínimo esforço em ação assumindo o compromisso de dar os seguintes passos:

1 – Praticar a aceitação, dizendo; hoje aceitarei pessoas, situações, circunstancias, fatos como eles se manifestarem. Saber que o momento é como deve ser, porque todo universo é assim. Não se voltar contra todo o universo, lutanto contra o momento presente. Dizer a si mesmo: minha aceitação será total e completa, verei as coisas como são no momento em que ocorrerem e não como eu gostaria que fossem.

2 – Aceitando as coisas como são, assumir a responsabilidade pela sua situação e por todos os fatos que considera problemáticos. Ter bem claro que assumir a responsabilidade é não culpar alguém, ou alguma coisa, pela sua situação. Saber , também, que todo problema traz em si uma oportunidade e que a consciência das oportunidades vai permitir olhar para o momento problemático e transformá-lo em imenso beneficio.

3 – Assentar sua percepção, hoje, na indefensibilidade. Desistir da necessidade de defender seus pontos de vista e de convencer e persuadir os outros a aceitá-los. Permanecer aberto a todos os pontos de vista e não se prender a nenhum deles.

5 – APLICAÇÃO DA LEI DA INTENÇÃO E DO DESEJO

1 – Fazer uma lista de todos os seus desejos. Carregar essa lista para todos os lugares. Olhar antes de adormecer a noite. Olhar quando acordar pela manhã.

2 – Liberar a lista de seus desejos e a soltar no ventre da criação. Confiar. Se as coisas não saírem como deseja, há uma razão para isso. O plano cósmico com certeza terá designios maiores para você do que os que possa conceber.

3 – Lembrar de praticar a consciência do momento presente em todas as ações. Não permitir que os obstáculos consumam e dissipem a qualidade da atenção no momento presente. Aceitando o presente como ele é, o futuro se manifestará nas intenções e nos desejos mais caros e profundos.

6 – APLICAÇÃO DA LEI DO DISTANCIAMENTO

Você pode colocar a lei do distanciamento em ação assumindo o compromisso de dar os seguintes passos:

1 – Comprometer-se, hoje, com o distanciamento. Dar a si próprio e aos outros a liberdade de ser o que é. Evitar a imposição rígida de suas idéias sobre como as coisas devem ser. Não forçar soluções de problemas, criando assim novos problemas. Participar de tudo, mas com envolvimento distanciado.

2 – Transformar a incerteza em um ingrediente essencial da própria experiência. Na disponibilidade para aceitar a incerteza, as soluções emergirão espontaneamente do próprio problema, da própria confusão, da desordem, do caos. Quanto mais incertas forem as coisas, mais seguro deverá se sentir, porque a incerteza é o caminho da liberdade. Atraves da sabedoria da incerteza encontrará a segurança.

3 – Entrar no campo de todas as possibilidades e antecipar a excitação que pode ocorrer quando se está aberto a uma infinidade de escolhas. Quando entrar no campo de todas as possibilidades, experimentará toda a diversão, toda a magia, todo o mistério, toda a aventura da vida.

7 – APLICAÇÃO DA LEI DO DARMA OU DO PROPOSITO DE VIDA

Você pode colocar a lei do darma em ação assumindo o compromisso de dar os seguintes passos:

1 – Nutrir amavelmente, hoje, a divindade que habita em você, no fundo de sua alma. Prestar atenção ao seu espírito, que anima seu corpo e sua mente. Despertar desse profundo sono dentro de seu coração. Carregar consigo a consciência da atemporalidade, do ser eterno, em todas as experiências limitadas pelo tempo.

2 – Fazer uma lista de seus talentos únicos. Depois, outra lista de coisas que adora fazer quando está expressando esses talentos. Diga, então: “ quando eu expresso e os ponho em serviço da humanidade, perco a noção do tempo e crio abundancia em minha vida, bem como na vida dos outros”.

3 – Perguntar a si mesmo diariamente; como posso servir? E como posso ajudar? As respostas a essas peguntas permitirão ajudar e servir a seus semelhantes, com amor

Para ver mais de nossas postagens, Clique Aqui. Você também pode se cadastrar em nossa newsletter ou nosso RSS Feeds.

leis_espirituais

GRUPO ESPÍRITA WHATSAPP
OUÇA NOSSO PODCAST

GRUPO ESPÍRITA TELEGRAM
APOIE NOSSO PROJETO